Até 10x sem juros | Troca rápida e fácil | Frete cortesia acima de R$ 600 | Cadastre-se para usar 15% off na primeira compra



Construindo meu Guarda-roupa

Tempo de leitura deste conteúdo: 6 min • Ver outros capítulos →




Sabe aquele momento em que você se propõe a organizar e tirar tudo do armário e acaba encontrando novas possibilidades? Nosso guia é justamente para acelerar esse processo de descobrir o que está ocupando cabides, gavetas e prateleiras e entender de que maneira ela pode ser combinada para te deixar #semprepronta.





Quando começaram as primeiras medidas de distanciamento social devido a pandemia do Covid-19, os moletons, leggings, camisetas e calças de tecido leve saíram do armário. O foco era claro: conforto em primeiro lugar. A roupa de ficar em casa ganhou espaço e virou a preferida de todo mundo que viu a vida social reduzida a poucos ou nenhum evento.

Mas os dias foram passando e um novo olhar para o guarda-roupa. O confortável já não era suficiente. Era preciso trazer bem-estar, alegria, sensação de “normalidade”. E bom, as reuniões de trabalho, agora quase exclusivamente via videoconferência, continuaram acontecendo e exigindo um dress code profissional. A versão caseira/possível dele.

O novo cenário abriu espaço para pensar: meu guarda-roupa me serve em todas as situações? Estou usando tudo que ele me oferece? Olhar peça por peça, gaveta por gaveta para entender se tudo que você tem veste quem você é em diferentes situações.

Pensando nisso, lançamos o desafio: qual peça você encontra no seu guarda-roupa que veste qualquer situação? Aqui vão nossos palpites:


1. Camisa Branca


Uma peça que carrega em cada botão a palavra clássico. Dá pra usar sozinha, para as primeiras reuniões do dia (escolha fácil para quem ainda não acordou direito). Dá para continuar usando a camisa outro dia da semana, dessa vez por cima de uma regata. Pode ser a terceira peça de um look, com um nózinho charmoso nas pontas. Dá pra ser sua companheira de todas as horas. Não é isso que a gente espera de uma roupa? Clique aqui para ver nosso board no Pinterest com mais inspirações com camisa branca.




2. Pantacourt


Além de um tecido gostoso, como a lã fria, é puro conforto por conta da modelagem mais soltinha. Boa para dias frescos, ótima para dias amenos e incrível para dias frios. Uma meia quentinha por baixo e você usou a mesma peça o ano todo. Vai dizer que não valeu o investimento?




3. Saia midi


Uma ideia que a gente tem fixa na mente é de que roupa confortável, de ficar em casa, é sempre calça. Quem disse? A saia midi é versátil o suficiente para todas as temperaturas – e se você vive em uma cidade de clima maluco vai poder comprovar na prática! O comprimento também se prova super acertado para quem precisa sentar, abaixar, levantar muitas vezes (alguém falou filhos pequenos?) e tem zero tempo para se preocupar se algo está fora do lugar.




Tudo começa aqui

Percebeu que elencamos não só a peça ou a modelagem, mas também os tecidos? É que esse "detalhe" é tão importante que faz toda a diferença no vestir, no manter e no durar. Tecidos naturais, como a lã fria, a seda e o algodão permitem que o corpo respire, sendo uma ótima escolha para estar em contato direto com a pele. Além disso, quando bem cuidados, duram por muitos e muitos anos. E olha que nem precisa virar um problema na sua vida. A etiqueta da peça conta como fazer para lavar, secar e passar sua peça com segurança.



Texto de Paola Marques






Leia mais



Como montar um armário cápsula

Tempo de leitura: 8 min • Ler agora →



Montando looks e criando possibilidades

Tempo de leitura: 7 min • Ler agora →



Compras sem erro: investindo em peças para sempre

Tempo de leitura: 7 min • Ler agora →